O que deve acontecer se ela for aprovada?

12 abr, 2019 às 11:53

  • A reforma prevê economia de R$ 1 trilhão com o pagamento de benefícios nos próximos dez anos, o que equilibraria as contas públicas do país. Mesmo que ela sofra mudanças no Congresso e a economia fique entre R$ 600 bilhões e R$ 800 bilhões, as finanças públicas serão sustentáveis no longo prazo. Isso aumentaria a confiança de investidores e empresários e favoreceria a retomada do crescimento da economia, segundo os analistas.

    E se a reforma não for aprovada?

    O cenário mais pessimista, dizem os analistas, seria a reforma ser rejeitada pelo Congresso. Também é possível que ela seja desidratada pelos parlamentares, e a economia fique abaixo de R$ 500 bilhões em dez anos. Nesses cenários, a desconfiança dos investidores aumentará.

    Poupança

    O rendimento da caderneta corresponde a 70% da Selic (hoje, 4,55% ao ano). Se a reforma for aprovada e os juros caírem, o ganho da poupança automaticamente será menor. Se não for aprovada e os juros subirem, o ganho será maior. Se a Selic subir a ponto de superar 8,5% ao ano, a poupança voltará a render conforme a fórmula antiga: 6,17% ao ano mais TR (taxa referencial).

0 Comentário(s)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Clique para liberar o envio do formulário. Fazendo isso você estará aceitando os Termos e Condições deste site.

Serviços

Acesse de forma rápida e segura informações dos seus clientes

Certificado Digital (Em Breve!)

O Certificado Digital é um Documento Eletrônico que contém dados sobre a pessoa ou empresa que o utiliza para comprovação mútua de autenticidade.

Envio e recepção de fax e e-mail

Serviços de envio e recepção de fax e e-mail a preços especiais no intuito de agilizar as suas atividades com um baixíssimo custo.

Informação de SPC/CHEQUE

Nove tipos de consulta, incluindo duas de pessoa jurídica (SPC PLUS e SPC MAX) e uma de garantia de cheque.

Registro e Reabilitação de Clientes Inadiplentes

O lojista poderá enviar para a CDL os nomes dos clientes devedores, para que estes sejam cadastrados em nosso banco de dados de restrição ao crédito.

Contato

Tem dúvida, sugestões? Então este é o seu espaço.

Clique para liberar o envio do formulário. Fazendo isso você estará aceitando os Termos e Condições deste site.
Página gerada em 0,5759 segundos